"Nosso corpo é nosso templo, nossa vida deve ser nossa religião e cuidar dela nosso ato de fé".

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Proteína whey concentrada VS. proteína whey isolada VS. proteína whey hidrolisada



Ao longo dos tempos, a proteína whey tem evoluído no sentido de corresponder, cada vez melhor, às expectativas e necessidades de quem baseia nela a sua suplementação. Primeiro, surgiu a proteína concentrada, cujas concentrações podem chegar aos 80%. Quando, depois, surgiram as proteínas isoladas, com um grau de pureza superior a 90%, preparava-se o terreno para, finalmente, chegar a derradeira geração de proteínas: as proteínas hidrolisadas.

Vamos ver o que diferencia cada uma delas.

Proteína whey concentrada

A Whey concentrada é a forma mais barata e comum de proteína de soro de leite, utilizada frequentemente para introduzir proteína em maior quantidade na sua dieta, no intuito de maximizar a hipertrofia muscular. Enquanto a proteína isolada tem, por norma, mais de 90% de proteína pura na sua constituição, a concentrada atinge, no máximo, os 89%.

A razão por essa diferença passa pelo fato de a whey proteína concentrada conter mais hidratos de carbono (sob a forma de lactose) e calorias em relação à isolada, o que não impede que estas duas fórmulas sejam muitas vezes utilizadas em conjunto em batidas ou como substitutos de refeição. Apesar deste nível de concentração menor, constitui, ainda, uma proteína de boa qualidade (com a condição de não ser intolerante à lactose), na medida em que whey concentrada contém bastantes aminoácidos essenciais. É consumida preferencialmente no lanche ou após um treino.

Proteína whey isolada

Representando a forma mais pura da Whey Protein, o isolado de whey é constituída em 90% ou mais por proteína pura. O suplemento é obtido através da filtragem da proteína de leite. É filtrada o suficiente para ser virtualmente livre de lactose, hidratos de carbono, gordura e colesterol.

É considerada uma proteína completa, o que significa que tem todos os aminoácidos necessários à sua dieta diária, contendo níveis especialmente elevados de aminoácidos de cadeia ramificada.

Outro fato interessante passa pelo elevado nível de leucina que apresenta, a qual promove a síntese da proteína muscular (e respectivo crescimento muscular), promovendo ainda a perda de gordura por causa da energia necessitada pelo corpo para esse mesmo processo.

A whey isolada contém ainda um nível elevado de cisteína. Mulheres com um nível maior de cisteína correm menor risco de cancro da mama, quando comparadas com mulheres com níveis mais baixos de cisteína. No mesmo sentido, para mulheres grávidas que têm, naturalmente, uma maior necessidade de proteína, a whey isolada oferece uma rica fonte de proteína. Pessoas com uma certa idade podem, também, encontrar nela uma ajuda valiosa na medida em que essa forma de whey pode ajudar a prevenir a degradação óssea e muscular em idosos.

Dado o seu custo, a whey isolada é principalmente destinada às pessoas com um sistema digestivo frágil ou que digerem mal a lactose ou para pessoas exigentes que desejam um produto de qualidade com uma quantidade de hidratos de carbono muito reduzida. Pode revelar-se bastante útil no fim de uma fase de seca (definição), para reduzir a dose dos carbohidratos inúteis no seu plano alimentar.

Proteína whey hidrolisada

A whey hidrolisada é considerada a fórmula de ouro no que diz respeito à whey protein.  Ao contrário
da concentrada ou isolada, esta proteína já vem enzimaticamente quebrada em grandes peptídeos, o que proporciona uma velocidade máxima de absorção, tornando-a superior às outras para promover a hipertrofia muscular pós-treino.

Uma suplementação com proteína hidrolisada pode ajudar a estimular e impulsionar o sistema imunitário, aumentando o nível de glutationa, que ajuda a desintoxicar o corpo e proteger as células do sistema imunitário. Sendo que a mais-valia da whey hidrolisada é a sua rápida assimilação, assume-se como a melhor proteína para tomar logo após o treino. Também, por isso, é normalmente mais cara.

Conclusão

Como vimos neste artigo, cada um dos tipos de whey tem os seus pontos fortes. Seja proteína isolada ou concentrada ou ainda hidrolisada, a proteína whey possui, de maneira geral, excelentes propriedades.

Se a proteína isolada se apresenta, em muitos aspectos, como superior à concentrada, essa “pureza” tem um custo. Assim, se a concentração de proteína pura é menor na proteína concentrada, o fato de, ainda assim manter um bom valor biológico e enquadrar-se num orçamento menor, faz com que seja a opção de muitos atletas.

Por outro lado, atletas mais exigentes ou intolerantes à lactose irão escolher a proteína isolada, apesar de um preço mais elevado e outros, ainda, irão dar especial relevo à rápida assimilação da proteína hidrolisada que permite uma melhor performance nos treinos e foi responsável pela reputação de “fórmula de ouro” de que essa proteína usufrui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails